Como seu corpo reage quando você começa a se exercitar

Entenda as reações positivas que acontecem no organismo ao longo do tempo

Quando nos exercitamos, o organismo produz milhares de reações químicas. Além da queima de calorias e aumento da musculatura, também há ganhos no processo de concentração. Todos estes benefícios se prolongam e intensificam conforme aumenta o tempo de prática das atividades.

De acordo com o último levantamento do IBGE, menos de 40% dos brasileiros com idade acima dos 15 anos faz algum tipo de atividade física. Se você faz parte dos outros 60% da população, fique atento a estas dicas e veja os vários benefícios que pode conquistar ao incluir a prática de exercícios na rotina.

Primeiros 60 dias

Este é o período de adaptação em que respeitar a frequência semanal é importante para observar elevação da autoestima, redução do estresse, ativação do sistema nervoso central, melhora da consciência corporal e da coordenação motora.

4 meses

A esta altura do campeonato você já teve significativas mudanças em seus hábitos diários e isso reflete na redução dos índices de colesterol, no condicionamento do sistema cardiorrespiratório, no aumento da massa magra e da força.

6 meses

Quando se chega até aqui, as chances de desistência são reduzidas, pois o corpo está superadaptado ao ritmo dos exercícios e sente necessidade de se manter em movimento. A frequência às aulas e os ajustes na alimentação, feitos no primeiro semestre, também contribuem para melhor controle e manutenção da pressão arterial.

[INFOGRÁFICO]: DESCUBRA O POTENCIAL DE DIFERENTES EXERCÍCIOS E QUAL DELES SE ADAPTA MELHOR AO SEU PERFIL

LEIA TAMBÉM: A IMPORTÂNCIA DE SE MANTER ATIVO AO LONGO DA VIDA

Vale lembrar que os resultados variam de acordo com cada organismo e com o foco do treinamento. Muitos mais do que benefícios estéticos, exercícios são a chave para a longevidade com qualidade de vida e menos problemas de saúde.