Alimentação saudável: 8 dicas para acertar

A nutricionista Roberta Volkart ensina como adotar hábitos saudáveis

A receita para uma alimentação saudável inicia pela escolha diária do que vamos consumir. A preferência por alimentos naturais e minimamente processados garante a absorção correta de carboidratos, gorduras, vitaminas, açúcares, fibras e água, conforme a necessidade de cada um.

De acordo com a nutricionista e educadora física do Grupo Uno, Roberta Volkart, cada organismo tem necessidades diferentes, que variam conforme idade, altura, peso, condição de saúde e quantidade de atividades físicas praticadas.

SAIBA MAIS: DESCUBRA O PODER DA MENTE PARA AS ATIVIDADES FÍSICAS

A profissional ainda destaca que além das escolha dos alimentos, é importante observar o tempo que levamos para comer e como a comida é preparada. Ainda é necessário também aliar a alimentação saudável à prática de exercícios.

Por isso, a seguir, apresentamos uma lista com oito dicas da nutricionista para você ter mais qualidade de vida através da alimentação correta.

1 - Coma com calma

Disponibilizar um tempo exclusivo para alimentação é essencial para o organismo processar os alimentos. Cerca de 50% das enzimas digestivas são secretadas por estímulos sensoriais, vindos da visão, olfato, tato e paladar. Por isso, reserve ao menos 20 minutos para suas refeições e durante este tempo foque somente nisso.

alimentação saudável

 

2 - Mastigue devagar

A trituração dos alimentos misturados à saliva dá início ao processo de digestão. Mastigar com calma permite apreciar mais o sabor da refeição, trabalha a ansiedade, promove a saciedade fisiológica e evita que se coma demais.

BAIXE AGORA: TABELA: CONSUMO X GASTO CALÓRICO

3 - Nada de líquidos com a comida

Acompanhar as refeições com a ingestão de líquidos impede a correta mastigação e atrapalha o processo digestivo. Opte sempre por água, chá ou suco natural 30 minutos antes ou após alimentar-se. A exceção fica para alimentos muitos salgados, onde o consumo de água deve ser feito para não sobrecarregar o organismo com sal.

4 - Alimente-se regularmente

Manter um padrão de horários para sua alimentação ajuda a equilibrar o ritmo do organismo e a estabilidade nutricional e hormonal. Além disso, também é preciso evitar longos períodos sem comer. Isto porque o cérebro precisa de doses constantes de glicose, extraída dos carboidratos, para manter o corpo disposto.

5 - Abuse de frutas e hortaliças

Verduras, legumes e frutas estão no grupo dos alimentos de quanto mais, melhor. São ótimas fontes de fibras, vitaminas e minerais e ainda contém fitoquímicos, considerados excelentes antioxidades. 

alimentação saudável

6 - Escolha sempre os integrais

As versões integrais dos alimentos contém vários nutrientes que auxiliam a manter os níveis de glicemia controlados. Suas fibras também são importantes, pois servem de alimento para as bactérias benéficas do intestino e auxiliam no controle do colesterol e na saciedade.

7 - Evite refinados, processados e embutidos

Alimentos “brancos”, como pão, açúcar, trigo e arroz, além de menos nutritivos passam por um processo químico de refinamento chamado branqueamento. Assim, recebem diversas substâncias químicas que oferecem efeitos negativos ao organismo. Os refinados podem favorecer o crescimento das bactérias patogênicas e desequilibrar nossa flora intestinal. Da mesma forma, os industrializados, processados e embutidos contêm várias substâncias químicas que exigem mais trabalho do fígado e rins para neutralizar corantes, conservantes e depois eliminá-los.Podem também comprometer o sistema imunológico e desencadear processos alérgicos.

SAIBA MAIS: SEIS ATIVIDADES PARA ELIMINAR GORDURA E GANHAR MASSA MAGRA

8 - Alie exercícios à alimentação saudável

Uma alimentação adequada oferece ainda mais benefícios a seu corpo quando está aliada à prática de atividades físicas. Com um plano alimentar adequado, fornecemos energia suficiente ao organismo para realizar tarefas diárias e suprir as necessidades energéticas do exercício físico. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, são necessários 150 minutos de atividade moderada semanalmente para nos mantermos ativos.

palco